Gestor Ambiental

Profissão

O gestor ambiental é um profissional atento à relação do ser humano com o meio ambiente. Ele se preocupa com o bom uso dos recursos naturais e em reduzir os impactos ambientais produzidos pela exploração do homem.

“A gestão ambiental engloba três grandes áreas: econômica, social e ambiental.”

A atuação do gestor ambiental está ligada, principalmente, às atividades econômicas que podem gerar algum impacto na sociedade e no meio ambiente.

Podemos entender o papel do gestor ambiental como o de um administrador do meio ambiente, pois é ele quem toma decisões relacionadas à exploração dos recursos naturais e ao impacto das atividades produtivas no meio ambiente.

Atualmente as empresas buscam associar suas marcas à sustentabilidade e é com esta preocupação que contratam gestores ambientais, mesmo que sua atividade não esteja diretamente ligada ao setor.

Conceito Ambiental

O meio ambiente natural compreende os ecossistemas, biomas e recursos específicos que compõem toda a diversidade biológica, as áreas naturais, o ar, a água, a fauna e a flora, o solo, o subsolo, assim como o controle e a prevenção dos processos de degradação do meio ambiente.

Ou seja, compreende o meio ambiente natural ou físico, os denominados recursos naturais: água, solo, ar atmosférico, fauna e flora.

Podemos entender por meio ambiente artificial aquele que foi construído ou alterado pelo homem. São os espaços urbanos, incluindo as edificações, que são os espaços urbanos fechados, como, por exemplo, um prédio residencial e os equipamentos públicos urbanos abertos, como uma via pública e uma praça, entre outros.

O conceito de meio ambiente artificial não está ligado apenas à área urbana, abarcando também a zona rural, pois deve ser considerado todo local habitado ou transformado pelo ser humano.

O meio ambiente cultural é composto pelo patrimônio histórico, artístico, paisagístico, ecológico, científico e turístico. Compõe-se tanto de bens de natureza material, como de construções, lugares, obras de arte, objetos e documentos históricos, quanto de bens imateriais, como idiomas, tradições, mitos etc.

Essa proteção se justifica, vez que o ser humano interage com o meio em que vive e essa interação é uma referência à identidade de um povo, uma nação ou, às vezes, de toda a humanidade e, nessa condição, a cultura merece ser protegida.

O meio ambiente do trabalho é considerado extensão do meio ambiente artificial.

Trata-se do local no qual homens e mulheres desenvolvem suas atividades laborais. Assim, esse local deve estar apto para a prestação da atividade laboriosa, apresentando condições salubres e ausência de agentes que coloquem em risco o corpo físico e a saúde mental dos trabalhadores.

Com o surgimento, diante da evolução da denominada Engenharia Genética, dos denominados organismos geneticamente modificados – OGM, passou a existir uma necessidade de se tutelar e se reconhecer a existência de uma nova modalidade de Meio ambiente, o denominado Meio ambiente genético.

A classificação e o reconhecimento de sua existência estão ligados também ao reconhecimento da existência de um Patrimônio Genético.

Este patrimônio inclui todos os organismos vivos encontrados na Natureza, o que forma a denominada biodiversidade, compreendendo, ainda, a diversidade dentro de espécies, entre espécies, e de ecossistemas.